Fatores Temporais não Influenciam nos Resultados de uma Cirurgia

Você não tem mais chances de morrer ou sobreviver se operado às 19 horas ou às 9 da manhã, descobrem pesquisadores.

 

O horário de uma operação não afeta o risco subseqüente do paciente de complicações ou morte, indica novo estudo encontra.

 

Por exemplo, não há diferença nas taxas de mortalidade entre a cirurgia eletiva realizada na tarde versus as realizadas de manhã ou na segunda-feira em vez de sexta-feira, disseram os pesquisadores. Suas descobertas devem ajudar a aliviar as preocupações de que a fadiga pode levar a uma maior taxa de problemas de segurança quando as operações são realizadas no final do dia ou da semana, disseram.

 

O estudo incluiu uma análise dos resultados de mais de 32.000 cirurgias eletivas realizadas entre 2005 e 2010. A taxa de complicação global antes da alta foi de 13 por cento e o risco global de morte dentro de 30 dias da cirurgia foi de 0,43 por cento.

 

Após os pesquisadores ajustarem alguns outros fatores, o risco de complicações ou morte não foi significativamente diferente para os pacientes que tiveram cirurgia em diferentes momentos do dia – entre 6 a.m. e 7 p.m. – ou semana.

 

A época do ano também não teve impacto sobre o risco de complicações ou morte. Isso incluiu julho e agosto, quando a maioria dos novos residentes começam a trabalhar em hospitais de ensino.

 

O estudo aparece na edição de dezembro na revista Anesthesia & Analgesia.

 

“A cirurgia eletiva, portanto, parece ser comparativamente segura a qualquer hora do dia de trabalho, qualquer dia da semana de trabalho e em qualquer mês do ano em nosso hospital de ensino”, concluiu o Dr. Daniel Sessler, da Cleveland Clinic, em um Boletim de notícias da revista.

 

Alguns estudos anteriores sugeriram que os pacientes estão em maior risco se submetidos a cirurgia de fim de um dia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *